2cf61edf4c7b6852e5a8e7a4493e830115741074

O que é Constelação Familiar?

A Constelação Sistêmica Familiar é uma abordagem que traz em seus aportes as contribuições da Teoria dos Sistemas, Psicologia, Filosofia, Biologia, Física Quântica entre outras áreas do conhecimento. Da forma como a conhecemos, foi desenvolvida pelo filósofo e terapeuta alemão Bert Hellinger. Podemos dizer que a Constelação Familiar é uma Terapia Breve. Bert Hellinger percebeu que a convivência humana é regida por algumas leis que, independente de termos consciência delas ou não, as mesmas regem a nossa vida. A estas leis ele as chamou Ordens do Amor. Quando uma destas Ordens é ferida, experimentamos as desordens que, experimentamos no dia a dia como problemas ou dificuldades.

 

A Constelação Familiar então nos possibilita perceber e tomar consciência de onde o Amor foi ferido e teve seu fluxo interrompido em nossa vida.

O que podemos constelar?

As Constelações Familiares sempre estão a serviço da Vida e da Reconciliação. Através delas podemos retomar o fluxo do amor, experimentando uma vida abundante e mais leve.

Toda questão relacionada às relações pessoais, interpessoais, empresariais, escolares, saúde, sucesso, entre tantas outras, podem ser consteladas. Veja alguns exemplos de temas que podemos constelar:

- os relacionamentos amorosos;
- as dificuldades de relacionamento;
- a busca por leveza, fuidez;
- tomadas de decisão;
- sucesso pessoal e profissional;
- abundância;
- conflitos pessoais, familiares, padrões de relacionamentos;
- separações;
- sensação de “não ter um lugar na família” ou na sociedade;

- culpa;
- permissão para usufruir da vida;
- adoecimentos freqüentes;
- dificuldades dos filhos pequenos;
- desmotivação;
- perdas, lutos, vícios...
- sensação de que nada vai para a frente
... entre tantas outras...

Quem foi Bert Hellinger

2f943f242f64f7c43f5b3811285c10bb15741074

Bert Hellinger (1925 – 2019) nasceu na Alemanha, foi um filósofo, teólogo e pedagogo à frente de seu tempo. Atuou na África do Sul, como missionário católico por dezesseis anos, junto à comunidade dos Zulus. Ali teve contato com uma forma muito específica de ser, diferente de sua experiência com o povo alemão até então.

 

Assim que deixa a vida religiosa onde era sacerdote, começa a se dedicar a diversas áreas da formação humana, especificamente à formação terapêutica. É neste período que se encontra com a psicanálise, terapia primal, gestalt, análise transacional, hipnoterapia, terapia familiar.

 

Após décadas de aprofundamento, observações e experimentações, Bert Hellinger desenvolve a Abordagem Sistêmica Fenomenológica – as Constelações Familiares. Sua contribuição traz como aportes todas as áreas do conhecimento com as quais teve contato ao longo da vida. É uma síntese de tudo o que bebeu nestes ramos da ciência com suas próprias contribuições, resultando em uma abordagem profundamente humana, sistêmica e integral. As Constelações Familiares como ele ensina, em pouco tempo começam a ser aplicadas também em outras áreas da vida: no ramo empresarial, educacional, da saúde, direito.

As ordens do amor

Bert observa que existem algumas leis que regem a convivência humana, às quais chama Ordens do Amor. Estas ordens são comuns a todos, independente de termos ou não consciência de sua ação. Se não são respeitadas, surgem as desordens – que vamos experimentar como dificuldades, problemas, sintomas. São elas: pertencimento, hierarquia e equilíbrio.